Adicione aos Favoritos
Clique para Pesquisar
    
 
"Toda a Verdade passa por três fases.
Primeiro, é ridicularizada.
Segundo, é violentamente atacada.
Terceiro, é aceite como evidente"
Schopenhauer

VISITAS
1639408
Desde 13/06/06

Amato Lusitano
PDF Imprimir e-mail

(Portugal no Mundo)

Por Fernando Mascarenhas Cassiano Neves
(25 de Junho de 2013)

João Rodrigues (1511-1568), médico de origem judaica, nasce em Castelo Branco e morre em Salónica, porto do Mar Egeu na época a pertencer ao Império Otomano (Turquia). Pelo Tratado de Bucareste de 1913 que pôs fim à Guerra dos Balcãs (1912/13), Salónica, na Macedónia (Cidade natal de Mustafá Kemal Paxá, Ataturk), fica a pertencer à Grécia.

As Sinagogas sefarditas (Sephard, nome hebraico da Península Ibérica) de Salónica chamavam-se: Portugal, Évora, Velha Lisboa, Nova Lisboa, etc.


Curiosamente, em 1568, morre em Goa o célebre médico de origem judaica, Garcia de Orta, nascido em Castelo de Vide em 1501, autor dos "Colóquios dos Simples e Drogas da Índia", editado em Goa em 1563. Ambos estudaram em Salamanca, ambos contribuíram para o prestígio de Portugal.

Image ImageImage

João Rodrigues, versado em Botânica, estuda as propriedades terapêuticas das plantas exóticas vindas de África, Brasil e Índia, de onde sai a obra "In Dioscoridis Anazarbei de Materia Médica". Apontado como criptojudaico em 1534, muda-se para Antuérpia, onde fica sete anos. Ao assinar os trabalhos como Amato Lusitano, por esse nome fica conhecido. (Lembro, que a Sinagoga portuguesa de Amesterdão construída entre 1671 e 1675 é um verdadeiro espanto).

Em 1541, a convite do Duque de Este, Amato Lusitano, como professor de Anatomia, vai durante seis anos lecionar para a notável Universidade Médica de Ferrara, onde estuda "as válvulas das veias ázigos" e a "circulação sanguínea", sendo assim, um percursor de William Harvey (1578-1657). Para tratar o Embaixador de Carlos V, em 1547 vai a Ancona.

Em 1550, como médico do Papa Júlio III (1550-1555), vai para Roma. No Tirol, o Concilio de Trento (1545-1563) é convocado por Paulo III (1534-1549), para combater a Reforma estava a decorrer. A Companhia de Jesus, fundada por Santo Inácio de Loyola em 1540, tinha o total apoio de Júlio III e, sob os seus auspícios S. Francisco Xavier, em 1549 vai evangelizar o Japão.

Em 1552, Amato Lusitano regressa a Ancona, onde publica "Tratamento das Estenoses Uretrais" e inventa as "velas dilatadoras" para o efeito, obras que o tornam famoso.

A eleição do Papa Paulo IV (1555-1559), intolerante, em que, pela primeira vez se publica um Índex de livros condenados pelo Tribunal da Inquisição, traz receios. Amato Lusitano, em 1555, passa de Pesaro a Regusa (Dubrovenik na Croácia), então sob o domínio turco. Em 1558, instala-se em Selónica, onde a tratar a peste, morre com a doença!

A sua obra "Curationem Medicinalium Centuriae Septem", sete centúrias, em que cada centúria apresenta cem casos clínicos, é um sucesso. Falava latim, grego, hebraico, árabe, português, castelhano, italiano, francês, alemão e inglês. O seu biógrafo Max Salomon escreve: "Amato Lusitano é o homem que representa a Medicina do século XVI"!


Lido: 2344

  Seja o primeiro a comentar este artigo

Escreva um comentário
  • Por favor, faça um comentário relacionado apenas com o artigo.
  • Os comentários serão validados pelo administrador antes de aparecerem no site.
  • Evite erros ortográficos e/ou gramaticais.
  • Ataques verbais e/ou pessoais não serão publicados.
  • Não utilize os comentários para fazer qualquer publicidade.
  • Se preferir, não necessita de indicar o seu e-mail.
  • Caso tenha indicado um código de validação errado, faça *Refresh* para obter um novo.
Nome:
E-mail:
Página Pessoal:
Título:
Comentário:

Código:* Code
Pretendo ser contactado por e-mail caso haja futuros comentários

Powered by AkoComment Tweaked Special Edition v.1.4.6
AkoComment © Copyright 2004 by Arthur Konze - www.mamboportal.com
All right reserved