Adicione aos Favoritos
Clique para Pesquisar
    
 
"Toda a Verdade passa por três fases.
Primeiro, é ridicularizada.
Segundo, é violentamente atacada.
Terceiro, é aceite como evidente"
Schopenhauer

VISITAS
1639394
Desde 13/06/06

Da vigilância paranóia da União Europeia ao suicídio colectivo das suas nações?
PDF Imprimir e-mail

Fonte: INTERINFO (Maio de 2011)

A União Europeia está a transformar-se cada vez mais num estado policial autoritário. Para se explicarem e fugirem às responsabilidades perante o seu eleitorado, os políticos desculpam-se dizendo que as instruções de vigilância e armazenamento de dados dos cidadãos provêm de Bruxelas. Invocando a "luta contra o terrorismo" como desculpa, estão a recolher, armazenar e meter em rede cada vez mais dados dos cidadãos, o que permite a todo o tipo de serviços de segurança a terem facilmente acesso a essas informações. Os especialistas dizem que a crescente vigilância está a aproximar-se da paranóia. Futuramente, os dados dos passageiros das companhias aéreas que viajam dentro da Europa, também serão armazenados. O tratado SWIFT permite o acesso das autoridades dos EUA a estes dados. Pelos vistos, Bruxelas sente-se de tal maneira ameaçada pelos cidadãos da UE que, através de regulamentos e promulgações, todos os habitantes da União Europeia são considerados suspeitos, devendo estes provar a sua inocência. Com isto, princípios como presunção de inocência, vigentes no Estado de direito, são anulados. Através do sistema de vigilância INDECT, os cidadãos são sistematicamente investigados, espiados e perseguidos. George Orwell passou à história, hoje temos a UE e os EUA.

As disposições de protecção mais recentes da UE para imigrantes raiam na desagregação deliberada das estruturas nacionais. As afinidades electivas e as tendências sexuais são colocadas sob uma protecção especial. Isto significa que, se dois homossexuais se apaixonarem um pelo outro, no campo de refugiados de Lampedusa, serão, aos olhos da União Europeia, uma futura família, devendo consequentemente ser tratados como tal no processo de imigração. Segundo um relatório da EU, deverão ser especialmente protegidas as pessoas com problemas devido à sua identidade sexual.

Disposições de protecção como esta foram decretadas no Parlamento Europeu com uma escassa maioria, segundo o eurodeputado Mag. Franz Obermayr, do FPÖ. Para poderem introduzir ainda mais imigrantes na UE, alargaram, generosamente, o conceito de família para tio, tia, filhos adoptivos e companheiros de ambos os sexos.

Subsídios da UE

Mais uma vez foi descoberto uma fraude de larga escala com subsídios da União Europeia. Apesar do controlo intenso reforçado, entre 5 a 8 por cento do orçamento da UE somem-se, anualmente, por canais obscuros – uma tendência que se mantém estável. Segundo a revista Focus, desta vez, 1,4 mil milhões de euros dos dinheiros da UE foram parar aos cofres da Mafia siciliana. A eurodeputada italiana Sonia Alfano reconheceu que muitos meios estruturais da UE vão parar aos bolsos do crime organizado. Sonia Alfano, conhecida como caçadora de mafiosos, pediu ao Parlamento Europeu o estabelecimento de uma "comissão anti-Mafia". O jornalista Beppo Alfano, pai da eurodeputada, foi assassinado pela Mafia em 1993. A Mafia está representada na economia italiana e nas mais altas esferas da política italiana. No passado, pelo Chefe de Estado Andreotti, hoje, por Silvio Berlusconi a quem se atribuem contactos estreitos com a Mafia. A influência da Mafia estende-se até muito longe da Itália.

Segundo um relatório do eurodeputado italiano Rosario Crocetta, foi graças a isso que a Mafia comprou metade das empresas imobiliárias de Berlim-Leste, após a queda do Muro. No ano passado, Crocetta alertou para o facto que até a Cosa Nostra conseguia meter ao bolso volumosos subsídios da EU.

Quando o eurodeputado alemão Markus Pieper, do CDU, perguntou à renomada consultora Gefra, de Münster, quanto custaria se a Turquia e a Croácia já fossem membros da União Europeia, o pasmo foi enorme. Durante o período financeiro de 2007 a 2013, a Turquia teria direito a receber subvenções no montante de 124,9 mil milhões de euros do fundo estrutural da UE. E a Croácia teria direito a receber 7,6 mil milhões de euros de Bruxelas. Só a Turquia receberia mais de um terço dos 346 mil milhões de euros actualmente disponíveis no fundo estrutural. Para aumentar as receitas, a comissão tenta levar os cidadãos a desembolsar mais, com 'ideias' novas. A recente proposta de Janusz Lewandowski, comissário do Orçamento da UE, quanto à introdução de um imposto da UE, foi rigorosamente recusada pelo Ministro das Finanças alemão Wolfgang Schäuble. Além dos pagamentos provenientes dos governos de todos os países-membros, Lewandowski também queria cobrar dinheiro a cada cidadão para, assim, receber cerca de um terço do orçamento da UE, através de um imposto directo pago por estes.

Direito de asilo

A Comissão Europeia pretende a uniformização do direito de asilo em todos os Estados-membros. Consequentemente, os imigrantes não poderão ser expulsos da actual União Europeia, durante pelo menos 12 meses após a sua chegada. Além disso, terão imediatamente acesso a toda e qualquer assistência social, podendo mandar vir os membros da sua família e, após seis meses de estadia no país, participar no mercado de trabalho com os mesmos direitos que os cidadãos da UE.


Lido: 2521

  Comentários (3)
1. Escrito por Fernanda Freixo, em 08-06-2011 22:57
111 pessoas leram este magnifico artigo e ninguem teve nada para dizer? É assustador que tudo o que se passa no Mundo se assemelhe para quase todos nós, ao visionamento de um qualquer filme que não faz parte da realidade. Acordemos TODOS! Isto é real e se não fizermos nada onde iremos parar? Ao menos escrevam...que se troquem ideias...que se partilhem experiências...qualquer coisa! Mas não fiquem indiferentes por favor.
2. Escrito por André, em 26-06-2011 14:50
Este artigo espelha bem o caminho para onde nos tentam levar..uma NWO ( new world order ) 
Não..não é paranoia..e o presente prova cada vez mais que os chamados « conspiradores » estão afinal mais do que certos. 
Um estado policial quase a lembrar o estado Orweliano, um mundo frio com tecnologia e sentimentos virtuais para dar e vender, um plano para implementar o « trans humanismo », a transformação final do ser humano, por meios artificais, para um humano-borg. 
Este plano estava claramente projectado desde há séculos. quando não foi possivel faze-lo pela força, fez-se pela astucia.
3. O ataque de ontem na
Escrito por Federico website, em 10-01-2017 17:33
O ataque de ontem na escola tem o mesmo fim dos ataques em Espanha do 11 de Março. O acidente na Suíça deu algumas ideias de quem poderiam ser as vitimas.

Escreva um comentário
  • Por favor, faça um comentário relacionado apenas com o artigo.
  • Os comentários serão validados pelo administrador antes de aparecerem no site.
  • Evite erros ortográficos e/ou gramaticais.
  • Ataques verbais e/ou pessoais não serão publicados.
  • Não utilize os comentários para fazer qualquer publicidade.
  • Se preferir, não necessita de indicar o seu e-mail.
  • Caso tenha indicado um código de validação errado, faça *Refresh* para obter um novo.
Nome:
E-mail:
Página Pessoal:
Título:
Comentário:

Código:* Code
Pretendo ser contactado por e-mail caso haja futuros comentários

Powered by AkoComment Tweaked Special Edition v.1.4.6
AkoComment © Copyright 2004 by Arthur Konze - www.mamboportal.com
All right reserved