Adicione aos Favoritos
Clique para Pesquisar
    
 
"Toda a Verdade passa por três fases.
Primeiro, é ridicularizada.
Segundo, é violentamente atacada.
Terceiro, é aceite como evidente"
Schopenhauer

VISITAS
1616019
Desde 13/06/06

Pequenas Grandes Notícias!
PDF Imprimir e-mail

por Rainer Daehnhardt

1) Presidente da RFA nega-se a assinar o Tratado de Lisboa

Um deputado da República Federal Alemã apresentou queixa no Tribunal Constitucional por não concordar com o Tratado de Lisboa. Tal obrigou as mais altas instâncias jurídicas alemãs a debruçarem-se promenorizadamente sobre o Tratado. Este facto levou o gabinete do Presidente da RFA a rever a sua posição em relação ao Tratado. Com grande susto geral, compreendeu-se que o parlamento da RFA tinha concordado, sem ler devidamente um tratado, que leva à extinção das soberanias nacionais e à submissão a comissários de tipo soviético, que não são votados por ninguém, e seus tribunais arbitários, sem direito a recurso.

Perante a gravidade da situação, resolveu o Presidente da República Federal Alemã comunicar a sua decisão de não assinar o Tratado de Lisboa, apesar de o mesmo já ter sido aprovado pelo parlamento alemão.

2) A Rússia devolve território à China

Em 1929, a União Soviética ocupou um território de 174 quilómetros quadrados pertencentes à China. O Ministro dos Negócios Estrangeiros da República Popular da China, Yang Jiechi e o seu colega de pasta, o representante da Federação Russa, Sergej Lawrow, declararam agora que os dois países dão por terminados os seus conflitos de disputas territoriais.

Image

Internacionalmente, pensou-se que se tratava de um caso perdido, visto já se terem passado tantos anos. Mais uma vez se verificou a velha máxima de Frederico, O Grande: uma guerra só está perdida quando um desiste de lutar! Da mesma maneira, devem os russos devolver a parte da Prússia Oriental, ocupada em 1945, já que a desistência de Willy Brandt sobre este território carece de legalidade. Também Portugal pode reclamar a devolução de Olivença!

3) Milho genéticamente manipulado é causador da morte de abelhas

A cidade de Munique ordenou a criação de zonas de protecção para as abelhas. A onda aniquiladora de abelhas, que causou não apenas a perda do mel, mas também de grande parte das frutas no continente norte-americano, passou para a Europa com a introdução da utilização de milho geneticamente manipulado. A gravidade da situação só aos poucos começa a ser reconhecida.


Lido: 4666

  Comentários (1)
1. Que Pena, Portugal! Ou, Acordem Portugue
Escrito por Roberto Wanderley Valente, em 11-08-2013 20:44
Assim como a população de baixa renda, a maioria em muitos países, é muito facilmente manipulada e desmobilizada, as lideranças dos países de menor expressão econômica e política aceitam, também mais facilmente,representar papéis de vassalos e títeres dos escravistas dos conspiracionistas da Grã-NOVA ESCRAVAGISTA ORDEM MUNDIAL.

Escreva um comentário
  • Por favor, faça um comentário relacionado apenas com o artigo.
  • Os comentários serão validados pelo administrador antes de aparecerem no site.
  • Evite erros ortográficos e/ou gramaticais.
  • Ataques verbais e/ou pessoais não serão publicados.
  • Não utilize os comentários para fazer qualquer publicidade.
  • Se preferir, não necessita de indicar o seu e-mail.
  • Caso tenha indicado um código de validação errado, faça *Refresh* para obter um novo.
Nome:
E-mail:
Página Pessoal:
Título:
Comentário:

Código:* Code
Pretendo ser contactado por e-mail caso haja futuros comentários

Powered by AkoComment Tweaked Special Edition v.1.4.6
AkoComment © Copyright 2004 by Arthur Konze - www.mamboportal.com
All right reserved